12 alimentos bons para o coração

Alimentos como maçã, linhaça e aveia fazem bem ao coração, pois são ricos em fibras que reduzem a absorção de gordura, equilibrando os níveis de colesterol no sangue e prevenindo o aparecimento de doenças cardíacas.

Atum, uva roxa e açaí possuem grandes quantidades de polifenóis e ômega 3, que são nutrientes antioxidantes e anti-inflamatórios e compostos fenólicos que ajudam a melhorar a saúde das artérias e a circulação sanguínea.

Para manter a saúde do coração, é importante que esses alimentos façam parte de uma alimentação saudável e variada, assim como também é recomendado a prática de atividade física pelo menos 3 vezes por semana, pois os exercícios estimulam a circulação sanguínea, melhoram a condição cardiovascular e favorecem o coração saúde. formação de novos vasos sanguíneos.

Imagem ilustrativa número 1

alimentos principais

Alguns alimentos que fazem bem ao coração são:

1. Atum

O atum mantém a saúde do coração por ser rico em ômega 3, uma gordura saudável que tem ação anti-inflamatória, antioxidante e antitrombótica, melhorando a circulação e regulando os níveis de colesterol no sangue, além de ajudar a evitar situações como aterosclerose, hipertensão e infarto. Conheça outros alimentos ricos em ômega-3.

Para obter os benefícios deste peixe, é aconselhável consumir uma porção de 85 g de atum, duas vezes por semana, que pode ser preparado na forma de assado ou grelhado.

2. maçã

A maçã é considerada um bom alimento para o coração, pois possui grande quantidade de pectina, uma fibra que diminui a absorção de gorduras, prevenindo o aparecimento de doenças cardiovasculares.

Além disso, a maçã também contém flavonoides e carotenoides, compostos bioativos com ação antioxidante que impedem a oxidação das células adiposas, equilibrando os níveis de colesterol “ruim”, o LDL, no sangue.

A maçã pode ser consumida ao natural, sozinha, como sobremesa ou nos lanches, ou ainda pode ser adicionada a iogurtes, saladas ou sumos.

3. Linhaça

A linhaça é uma semente rica em fibras, selênio, vitamina E e ômega-3, nutrientes com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que ajudam a reduzir os níveis de colesterol, melhorar a circulação sanguínea e reduzir a inflamação.

A linhaça deve ser consumida na forma de farinha, pois o intestino não consegue digerir e absorver todos os nutrientes do grão de linhaça integral. A quantidade recomendada de farinha de linhaça por dia para obter os benefícios é de 1 colher de sopa por dia, que pode ser adicionada a iogurtes, sucos, smoothies ou saladas, por exemplo.

4. Azeite virgem extra

O azeite de oliva extravirgem é um bom alimento para o coração, pois é rico em vitamina E, ômega 3 e ômega 6, nutrientes que ajudam a aumentar os níveis do colesterol “bom”, o HDL, e reduzir o colesterol “ruim”, o LDL, em o sangue, melhorando a circulação sanguínea e ajudando a prevenir a aterosclerose.

Para incluí-lo na sua dieta, pode adicionar 1 colher de sopa de azeite ao almoço e ao jantar, para temperar saladas ou legumes, por exemplo.

5. Aveia

A aveia faz bem ao coração porque é rica em avenatramida, um composto fenólico com propriedades antioxidantes que combatem o excesso de radicais livres, ajudando a prevenir o aparecimento de doenças como aterosclerose e pressão alta.

Além disso, a aveia também é rica em fibras, que ajudam a controlar o colesterol, pois reduzem a absorção de gorduras e colesterol no intestino.

Para obter seus benefícios, deve-se consumir 1 a 2 colheres de sopa de aveia ao dia, que pode ser incluída em vitaminas, saladas de frutas, mingaus, iogurtes, pães, bolos e biscoitos.

6. Uva roxa

Por ser rica em resveratrol, taninos e antocianinas, compostos bioativos com ação antioxidante e anti-inflamatória, a uva roxa ajuda a controlar os níveis do colesterol “ruim”, o LDL, no sangue, sendo considerada um bom alimento para o corpo. coração.

Embora não haja uma quantidade específica indicada para ingestão de uva, a recomendação diária mínima de fruta por dia é entre 2 a 3 porções, o que corresponde entre 160 e 240 g por dia. A uva deve ser consumida com a casca, ao natural, ou utilizada em preparações como sucos, salada de frutas, picolés e saladas, por exemplo.

7. Nozes

As nozes fazem bem ao coração, pois são ricas em ômega 3, um tipo de gordura saudável que promove a redução do colesterol “ruim”, além de aumentar o colesterol “bom” no sangue. Confira todos os benefícios das nozes.

Além disso, os polifenóis presentes na noz possuem ação anti-inflamatória e antioxidante, melhorando a função do endotélio, que é o revestimento interno dos vasos sanguíneos, atuando também como protetor cardiovascular.

Para aproveitar os benefícios dessas oleaginosas, pode-se consumir uma porção por dia (28 g), que equivale a cerca de 5 a 6 castanhas, que podem ser consumidas cruas ou torradas, sozinhas ou adicionadas a iogurtes, frutas ou saladas.

8. Açaí

Por ser rico em antocianinas e ômega 9, que são gorduras saudáveis ​​e polifenóis com ação antioxidante e anti-inflamatória, o açaí favorece a circulação sanguínea e a regulação da pressão arterial, sendo considerado um bom alimento para o coração.

O açaí pode ser consumido junto com iogurte, granola, aveia, amêndoas e frutas. Além disso, o açaí também pode ser utilizado em preparações como picolés, pães, tortas e tapiocas.

9. Tomate

O tomate é conhecido por ser um bom alimento para o coração, pois é rico em licopeno, um potente antioxidante que mantém a saúde das artérias, prevenindo problemas como aterosclerose, infarto e derrame.

O licopeno está disponível principalmente quando os tomates são aquecidos, como é o caso de molhos de tomate, por exemplo.

Você pode consumir o tomate cru ou cozido em diversos tipos de preparos, como saladas, sopas, ensopados, sucos e molhos.

10. Espinafre

O espinafre é rico em vitamina C, luteína, quercetina e kaempferol, nutrientes e compostos polifenólicos que possuem propriedades antioxidantes, que protegem as células dos vasos sanguíneos contra os radicais livres, auxiliando na prevenção de doenças cardíacas como aterosclerose, infarto ou AVC.

O espinafre pode ser consumido cru ou cozido, em preparações como saladas, sucos, tortas, ensopados e sopas.

11. Chocolate amargo

O chocolate amargo, elaborado com 70% de cacau, é um bom alimento para o coração por conter alto teor de cacau, fruta com ação anti-inflamatória e antioxidante que reduz a oxidação das células adiposas, evitando o risco de formação de coágulos e melhorando a circulação sanguínea.

Para obter os benefícios do chocolate amargo, sugere-se consumir entre 20 e 30 g de chocolate amargo, com no mínimo 70% de cacau, por dia, que pode ser consumido sozinho ou com frutas, iogurte ou nozes, por exemplo.

12. Abacate

O abacate é rico em gordura monoinsaturada e poliinsaturada, que são gorduras saudáveis ​​que ajudam a diminuir o colesterol total, triglicerídeos e o colesterol “ruim”, LDL, mantendo a saúde do coração.

Além disso, o abacate também é rico em carotenoides, potássio e ácido fólico, nutrientes que melhoram a circulação sanguínea. Por todos esses benefícios, o abacate é considerado um bom alimento para o coração.

Os abacates podem ser consumidos crus ou adicionados a saladas, smoothies e cremes. O caroço do abacate pode ser torrado e consumido na forma de farinha, podendo ser adicionado a molhos, sucos ou utilizado em preparações como biscoitos e bolos, por exemplo.

const mainFn = () => { var options = {"language":"pt","isMobile":false}; main.init(options); window.setTimeout(function () { if (typeof amazonAds !== "undefined" && !amazonAds.loadedAds && !!googletag) { googletag.cmd.push(function() { googletag.pubads().refresh(); }); } }, 5000); var _comscore = _comscore || []; _comscore.push({ c1: "2", c2: "21145335" }); var _comscore = _comscore || []; _comscore.push({ c1: "8", c2: "21145335" ,c3: "1111" }); (function() { var s = document.createElement("script"), el = document.getElementsByTagName("script")[0]; s.async = true; s.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https://sb" : "http://b") + ".scorecardresearch.com/beacon.js"; el.parentNode.insertBefore(s, el); } )(); !function(f,b,e,v,n,t,s) {if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod? n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)}; if(!f._fbq)f._fbq=n;n.push=n;n.loaded=!0;n.version="2.0"; n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0; t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0]; s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window, document,"script", "https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js"); fbq("init", "162861800730320"); fbq("track", "PageView"); var propertyId = "UA-10615049-1",gtmId = "GTM-KBJZXMC",layout = "harmony",language = "pt",league = 8; (function (i, s, o, g, r, a, m) { i["GoogleAnalyticsObject"] = r; i[r] = i[r] || function () { (i[r].q = i[r].q || []).push(arguments) }, i[r].l = 1 * new Date(); a = s.createElement(o), m = s.getElementsByTagName(o)[0]; a.async = 1; a.src = g; m.parentNode.insertBefore(a, m) })(window, document, "script", "//www.google-analytics.com/analytics.js", "ga", { "useAmpClientId": true }); ga("create", propertyId, "auto", {"siteSpeedSampleRate": 10}); ga("require", gtmId); if (layout) { ga("set", "dimension2", layout); } if (league) { ga("set", "dimension5", league); } ga("set", "dimension18", language); ga("send", "pageview"); var tag = "GTM-N8S2MQM",dataLayer = "crossDataLayer"; (function(w,d,s,l,i){ w[l]=w[l]||[];w[l].push({"gtm.start": new Date().getTime(),event:"gtm.js"});var f=d.getElementsByTagName(s)[0], j=d.createElement(s),dl=l!="dataLayer"?"&l="+l:"";j.async=true;j.src= "https://www.googletagmanager.com/gtm.js?id="+i+dl;f.parentNode.insertBefore(j,f); })(window,document,"script",dataLayer, tag); main.addDataLayer(dataLayer); var tag = "GTM-P8PXWDX",dataLayer = "tsDataLayer"; (function(w,d,s,l,i){ w[l]=w[l]||[];w[l].push({"gtm.start": new Date().getTime(),event:"gtm.js"});var f=d.getElementsByTagName(s)[0], j=d.createElement(s),dl=l!="dataLayer"?"&l="+l:"";j.async=true;j.src= "https://www.googletagmanager.com/gtm.js?id="+i+dl;f.parentNode.insertBefore(j,f); })(window,document,"script",dataLayer, tag); main.addDataLayer(dataLayer); var backofficeUrl = "https://www.tuasaude.com/b/"; backoffice.init(backofficeUrl); var options = {"enable":true,"blocking":false,"language":"pt","privacyPage":"https:\/\/www.tuasaude.com\/politica-de-privacidade","googleEvents":true}; consentBar.init(options); var options = {"type":"article","url":"alimentos-que-fazem-bem-ao-coracao","id":12718,"theme":"indefinido","specialty":{"main":1,"type":"face-to-face","id":47,"descricao":"Nutrição Geral","name":"Nutricão","medic":"Nutricionista","specialist_slug":"nutricionista","medicPlural":"Nutricionistas"}}; main.setPage(options); if (!amazonAds) { googleAds.onLoad( function() { googletag.display("divGptAd_ts_300x600_artigo"); } ); } if (!amazonAds) { googleAds.onLoad( function() { googletag.display("divGptAd_ts_mrec_artigo"); } ); } if (!amazonAds) { googleAds.onLoad( function() { googletag.display("divGptAd_ts_mrec_rodape_artigo"); } ); } if (!amazonAds) { googleAds.onLoad( function() { googletag.display("divGptAd_ts_sticky_footer_desktop"); } ); } if (!amazonAds) { googleAds.onLoad( function() { googletag.display("divGptAd_tuasaude_br_article_body_1"); } ); } if (!amazonAds) { googleAds.onLoad( function() { googletag.display("divGptAd_tuasaude_br_article_body_2"); } ); } if (!amazonAds) { googleAds.onLoad( function() { googletag.display("divGptAd_tuasaude_br_article_body_3"); } ); } } if (typeof main !== 'undefined') { mainFn(); } else { document.querySelector('#mainSiteScript').onload = mainFn; }

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *